Depoimentos

Compartilhando sua experiência com a “Cuidar e Companhia” você pode ajudar outras famílias. E nós, desde já, agradecemos!

 

 

Muito Obrigado!

 

 

 

Nome

Telefone

e-mail

Assunto

Mensagem

4 Responses so far.

  1. Fabiana disse:

    A Cuidar e Companhia não poderia começar em melhores mãos… a fisioterapeuta Fabiana atendeu minha mãe quando ela teve um AVC e ficou completamente paralisada. Durante todo o tratamento a Fabiana demonstrou extrema dedicação, comprometimento e competência, tendo sido de fundamental importância para o restabelecimento da saúde dela, contrariando inclusive as previsões médicas.
    FRP em 10/05/13

  2. Fabiana disse:

    Fabiana…Nosso 1º contato foi através de uma pessoa que tornou-se especial em nossas vidas. Logo reconheci em você uma profissional carinhosa, dedicada e disposta a encarar a realidade de nossos velhinhos.
    A Cuidar e Companhia virá compartilhar conosco, “Cuidadoras” uma tarefa acolhedora e responsável que nossos idosos precisam e merecem.Esta nova visão de acompanhamento promove a melhoria da autoestima dos idosos e será um facilitador de integração no meio social. Sei que o fará com profissionais eficientes e qualificados para atender essa demanda que cresce dia a dia.
    A Cuidar e Companhia merece todo o sucesso. Meus parabéns a você minha amiga e a toda a equipe pela iniciativa.
    Um abraço, Luceli Santos (Cuidadora de Idosos).19/05/2013

  3. Fabiana disse:

    É bastante confortável fazer fisioterapia em casa, principalmente quando não temos possibilidade de nos locomover. É menos penoso e sem sofrimento.
    Sra. Leia, paciente de Pós Operatório de Joelho, em 19/05/2013.

  4. Fabiana disse:

    A Cuidar e Companhia fez parte da recuperação física e respiratória do meu filho de 9 anos. Ele ficou internado 16 dias na Uti Pediátrica, por ter feito uma traqueostomia de emergência. Foi recomendado então, continuar com a fisioterapia, que era feita no conforto de casa, com muita seriedade, dedicação e carinho. O meu filho não via a fisioterapia como uma obrigação, mas sim como um momento especial que ajudava e agilizava a sua recuperação, muitas vezes se divertindo com os exercícios! A melhora dele era visível a cada sessão.
    Enviado por N.G. em 03/06/2013